quarta-feira, 24 de novembro de 2010

MINHAS FÉRIAS

Oi, eu sou o Maurício e vim aqui falar das minhas férias em Nova York com meu papai e minha mamãe. A viagem toda começou faz 5 meses quando conseguimos marcar o dia para ir no consulado tirar o visto. Sim, 5 meses. Pouco né? Considerando a quantidade de documentos que eles exigiram, achei que não ia dar tempo.

Nesse período juntei todos os documentos exigidos para provar que os Estados Unidos me merecem. Claro que dei destaque ao meu boletim e, principalmente àquela nota baixíssima em Geografia. Pensei:

-Se eles notarem que eu também cago pro mundo a minha volta e acho que Buenos Aires é a capital do Brasil, tô dentro.

Aí depois eu preenchi o formulário deles provando que moro no Brasil, que sou uma pessoa do bem, que não quero ir lá a trabalho e que só mereço ir pra lá porque, sim, admiro bastante a cultura deles, da mesma forma que admiro a de países europeus e asiáticos, onde nunca tive dificuldades de fazer uma visita. Confesso que deu muita vontade de fazer piada com as seguintes perguntas:

- Você está levando artefatos explosivos para os EUA?
-Você já assassinou alguém no Brasil?
-Você participa de algum grupo terrorista?


Do jeito que os americanos são metódicos, capaz de um terrorista responder SIM às perguntas e o consulado falar:

- Parabéns, foi honesto. Merece ir pra Disney.

Aliás, o processo de documentação e formulários é tão rigoroso e chato que até o Mickey teria problemas se não nascesse lá.

- Senhor Mickey. To vendo aqui que você não tem residência, nem emprego fixo. Cada hora tá fazendo uma atividade diferente. Seu único vínculo é uma namorada. Deduzo então que os dois vão para os EUA casar, né? Seu rato. Visto negado.


Enfim, depois desses 5 meses caçando desde minha certidão de nascimento até meu Código Net chega o tão esperado dia de retirar o visto. Ênfase na palavra dia. Você literalmente o gasta inteiro. Diria eu que o consulado americano é uma espécie de poupatempo chique: você tem burocracias, filas, senhas, mas quem te atende sabe falar inglês.

É um total de 30 minutos para entrar no consulado, mais 40 minutos para pegar uma senha, mais 30 minutos para entregar sua documentação, mais 2 horas para tirar suas impressões digitais, mais 1 hora e meia para entrar numa fila e aí sim fazer a entrevista que decide se você é apto ou não. Já pensou? Ficar esse tempo todo e, além de tudo, ser reprovado? Pra facilitar, por que não colocam a entrevista logo no início?????

- O senhor trabalha aonde?

-Al Qaeda.

- Putz, seu Mohammed. Precisa pegar a fila não. A saída é logo ali.


Fim. Mohammed sai tranqüilo, EUA ficam tranqüilo. Todos saem ganhando. Agora fazer o cara ficar 5 horas para receber um “NÃO” é motivo pra ele ir até os EUA só pra explodir uma bomba. Talvez se o processo de imigração fosse menos torturante, não teríamos os ataques de 11 de Setembro. Acredito nisso.

Entendo a questão de segurança. Mesmo. Mas acho injusto essa supremacia americana de analisar quem merece visitá-los. Nenhum país tem essa papagaiada, só lá. O Brasil devia seguir o exemplo só de sacanagem.


-Senhor Americano, tudo bem? O senhor tá indo ao Brasil pegar puta no carnaval, né? Tem algum atestado comprovando que o senhor não é casado? Ah, que pena. Visto negado.


O final é que depois de 5 horas e quase 2 minutos de entrevista consegui meu visto. Detalhe: sem precisar abrir uma única pasta. A funcionária americana simplesmente me perguntou o motivo da viagem, quando eu voltaria e fim. Foi a única hora que eu me senti um ser humano de novo. Até porque, sinceramente, se eu quisesse explodir uma bomba nos EUA ou me casar com uma Mexicana no Texas, não seria uma documentação que ia me impedir, certo? Ninguém vai pensar:

- Caramba, esse tal Maurício Meirelles tem um apartamento próprio. Certeza que é do bem. Pessoas com apartamentos próprios dificilmente explodem coisas. Eles são sensatos.

Me dá impressão que eles fazem isso tudo só pra sacanear mesmo. É quase um “Quer conhecer a Disney, né? Vamos ver se você quer mesmo”. Acho que é alguma estratégia de contenção de fila dos parques lecionadas pelo Bope.


- Ahhhh não agüentou ficar 5 horinhas na fila da imigração? Não tá apto a agüentar a fila de 12 horas do Evolution. Pede pra sair...seu moleque....


O importante é que consegui o visto. Daria perfeitamente para falar sobre minhas férias em Nova York, mas acho que elas não vão acontecer. Sabe o que é? Perdi a vontade. E outra: Salvador parece ser tão mais receptivo.

9 comentários:

p. rosa bebê disse...

Ahhh não faça isso de perder a vontade!! Ao menos vc pode ir!! Então vá!!!

Adorei o post, acho que salvou um pouco o estrago que acordar hoje fez comigo.


beijinhos

PS - saudades!!

Anônimo disse...

Bom dia. Sou do consulado americano, e vendo esse novo documento, resolvemos negar o visto. Por favor, entre em contato

Pollyana Nadia Costa de Moraes disse...

Oiii
Ah meo eh mta frescura dos EUA... acho sim que o Brasil tem mais motivos q eles pra ter essa segurança toda e deveríamos aplicar os mesmos critérios.
Aí sim eu queria ver!!

Evelin Vilas Boas disse...

vc não foi o único, essa burocracia deles tbm me estressou.
tanta coisa pra nada.
pelo menos esperei "só" 3 meses. rs
tantos pedidos de documentos pra pedir apenas 1, "passaporte", que era óbvio que levaria! de quebra ainda levaria identidade, que também não iriam ver! E as portas?! faltam pouco dizer: "só os fortes entram em nosso País." parecem portas de Frigorífico. mais enfim... CONSEGUIMOS Maurício! mostramos a eles que somos Brasileiros... e... fila?! qual Brasileiro não tira de letra? - bjos, adorei seu blog! =*

Nana Altro disse...

Não sei o que dizer, Mau. Nunca passei por isso, rs
Mas adorei o texto :)

Jessica Suellen disse...

Resumindo: viajar para os EUA é FODA!

hahaha' adorei o texto!
antigamente fazia varios textos desse tipo sempre em fevereiro e agosto ... qndo voltava das férias da escola, mas no meu caso eu ia pra casa da minha vó ... hahaha'

um beeeijo (:

Jessica Suellen disse...

Resumindo: viajar para os EUA é FODA!

hahaha' adorei o texto!
antigamente fazia varios textos desse tipo sempre em fevereiro e agosto ... qndo voltava das férias da escola, mas no meu caso eu ia pra casa da minha vó ... hahaha'

um beeeijo (:

AmoUmMauricio disse...

Sempre sonhei conhecer os EUA!
Meu sonho acabou! ;)

tildinhapb disse...

Mau, adorei o texto... Foi bom que me preparo bein, tirei o passaporte hoje e daqui uns dias vou pedir o Visto!

XOXO